Home > Vôlei > Atletas do Inter participam do Projeto ‘Mestres do Vôlei’

Atletas do Inter participam do Projeto ‘Mestres do Vôlei’

Cerca de 40 atletas do Clube Internacional de Regatas, das categorias mirim e infantil, que conquistaram medalha na Copa Sindi-Clube de Vôlei 2018, e alunas da escolinha, participaram do Projeto ‘Mestres do Vôlei’, desenvolvido gratuitamente pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo.

A clínica reuniu 420 praticantes e iniciantes do voleibol, de várias partes do estado, com idades entre 13 a 17 anos. Todos os participantes receberam transporte (ida e volta), hospedagem no período das oficinas, alimentação (pensão completa), diplomas e medalhas para as equipes finalistas.

“O evento proporcionou vivência, desenvolvimento e aquisição de novas habilidades e conhecimentos aos jovens participantes”, disse Luciana Muralha, técnica e professora do CIR.

Durante os quatro dias do projeto a dinâmica foi dividida em duas etapas: nos dois primeiros atletas e técnicos participaram das clínicas de voleibol. Nos últimos dias as equipes colocaram em prática os aprendizados adquiridos através de um torneio.

O Projeto ‘Mestres do Vôlei’ teve a finalidade de auxiliar, monitorar e treinar times de Vôlei, elevando o nível de competitividade das equipes, por meio de um programa de treinamento, físico, mental e estratégico, liderado por grandes nomes da modalidade.

A professora ainda ressaltou que o evento foi um sucesso e confidenciou um sonho realizado: “Agradeço muito aos organizadores, foi tudo incrível. Quando era atleta ainda, tinha um grande sonho de jogar no Ibirapuera, nesse palco sensacional. Graças a essa vivencia, hoje o realizei como técnica na minha modalidade”.

Para Muralha, o esporte é sem sobra de dúvida uma ferramenta transformadora, que possibilita, por meio de seus valores, a ampliação de conceitos: “É um caminho excelente para transformação de realidades, não apenas no âmbito esportivo, mas social e educacional, o que contribui efetivamente na formação integral do cidadão”, destacou Muralha.

A Estela Maria de Paiva, mãe da aluna Flávia também acompanhou a turma no projeto e aprovou tudo: A clínica foi muito benéfica, minha filha aproveitou demais os ensinamentos passados. Os profissionais foram muito carinhosos e generosos, passaram bastante coisa, que vai muito ajudar no desenvolvimento dela como atleta”, afirmou

Ela explicou ainda que a filha entrou no vôlei do CIR sem saber nada e em menos de um ano evoluiu muito: “A Muralha realiza um excelente trabalho na escolinha do Inter, que é muito respeitada, competitiva, com muito alunos”

Deixe um comentário